Estudos descobrem processo que desacelera o envelhecimento – Evidence

Disque Evidence0800 280 4600

Novidades

Estudos descobrem processo que desacelera o envelhecimento

Publicado em: 26/06/2018
Estudos descobrem processo que desacelera o envelhecimento

Para que um sistema permaneça vivo, suas células geram um fluxo contínuo de energia. Quando essa força é produzida pela queima de hidrocarbonetos, como carvão ou petróleo, o resultado são resíduos de poluentes que danificam os seres vivos.

 

Um evento semelhante ocorre durante o metabolismo da energia celular, é a autofagia, processo de limpeza e “reciclagem” das células. Este procedimento natural pelo qual as células limpam as proteínas pode contribuir para uma melhor compreensão de patologias, como as vinculadas ao envelhecimento.

 

Descobertas recentes mostram que quase todas as intervenções comprovadas para prolongar a vida saudável envolvem a promoção da autofagia.

 

Processo de organização da autofagia

 

Rapamicina é uma droga que regula a autofagia. Evidências preliminares apontam para o seu potencial para atrasar o envelhecimento. Embora esta droga tenha demonstrado o prolongamento da vida em animais, atrasou principalmente o aparecimento de câncer.

 

Um dos métodos mais seguros e eficazes para aperfeiçoar a autofagia é a ativação de uma enzima em nossas células chamada AMPK. Quando acionada, sinaliza células que removem poluentes internos por meio da autofagia. Isso permite que as partículas funcionem de uma forma mais jovem, como foi observado na redução de gordura abdominal em indivíduos usando compostos ativadores de AMPK.

 

Enzima AMPK é a ‘chave mestra reguladora’ do corpo.

 

A AMPK (proteína quinase ativada por adenosina monofostato) foi identificada pela primeira vez em 1973, por seus efeitos regenerativos em células. Ela serve como uma ‘chave mestra reguladora’ do corpo, que evita fatores degenerativos ao revitalizar células envelhecidas. A AMPK determina a composição da gordura corporal e determina o tempo de vida do corpo humano.

 

A AMPK realiza seu processo de remoção de gordura, em parte, regulando uma proteína chamada mTOR. Atualmente, a melhor maneira de varrer o desperdício metabólico das células do envelhecimento é através da regulação do mTOR ao aumentar a funcionalidade AMPK.

 

Benefícios da AMPK

  • Indica as células para destruir a gordura armazenada em resposta a
    falta de energia (alimentação).
  • Rejeita a proliferação celular para economizar energia diante da
    ingestão restrita de alimentos.
  • Protege contra o envelhecimento degenerativo
Compartilhar

Notícias Relacionadas

Novembro Azul: a importância da conscientização e da prevenção no combate ao câncer de próstata.

Novembro Azul: a importância da conscientização e da prevenção no combate ao câncer de próstata.

Lactase: o que é e qual o papel dessa enzima no nosso organismo?

Lactase: o que é e qual o papel dessa enzima no nosso organismo?

Outubro Rosa – Autocuidado e Prevenção

Outubro Rosa – Autocuidado e Prevenção

Deixe uma resposta

Nossas lojas

São Paulo: Av. Onze de Junho, 134 – Vila Mariana – Fone: 11 5906–4040
Matriz: Rua Padre Valdevino, 1905 – Aldeota – Fonte: 85 3462–6565
Harmony: Av. Dom Luiz, 1233 – Loja 01 – Meireles – Fone: 85 3486–6496
Genesis: Rua Antônio Augusto, 1271 – Aldeota – Fone: 85 3226–8083

Disque Evidence

0800 280 4600

Receita via WhatsApp

Regiões Sul e Sudeste:

11 9 9937 6847

Regiões Centro-oeste, Nordeste e Norte:

85 9 9818 0076