Melasma e despigentação: uso de fitoterápico no melasma e nova opção despigmentante

Melasma é um distúrbio pigmentar benigno comum de etiologia multifatorial que ocorre em áreas expostas ao sol da pele e possui um impacto considerável no bem-estar psicossocial dos indivíduos afetados. O tratamento convencional para o melasma é o uso tópico de hidroquinona e os filtros solares de amplo espectro. No entanto, a hidroquinona tem sido associada ao desenvolvimento de ocronose exógena e alergia de contato. Existem suplementos que podem ser utilizados, sem efeitos colaterais indesejáveis.

Faça login para ter acesso ao nosso conteúdo completo
Entrar