Postado em 15/12/2020
Um desequilíbrio hormonal está causando seus problemas intestinais?
Um desequilíbrio hormonal está causando seus problemas intestinais?

Problemas intestinais são extremamente comuns, visto que existem muitas pessoas com problemas como candida, doença celíaca, sensibilidades alimentares e até mesmo supercrescimento bacteriano no intestino delgado. Isso tudo pode estar relacionado aos desequilíbrios hormonais e afetando negativamente os movimentos intestinais, muito comum isso acontecer com os hormônios da tireóide e do estresse, mas também é relevante para os hormônios femininos, como o estrogênio.

Por que as mulheres têm mais prisão de ventre do que os homens:

As mulheres tendem a ser mais constipadas do que os homens por vários motivos, um deles é o simples fato de que elas têm cólons maiores do que os homens, mas isso também pode ter relação dos desequilíbrios hormonais com a constipação. Pacientes que estão grávidas ou passando pela menopausa também sofrem de constipação com mais frequência, devido às oscilações hormonais que ocorrem em seus corpos.

O estrogênio é o principal responsável pela constipação, especialmente quando se trata do declínio dos seus níveis durante a menopausa. Durante muito tempo, pensava-se que a progesterona era a principal responsável pela constipação durante a gravidez, mas uma nova pesquisa mostrou que há possibilidades do estrogênio ter participação direta nesta problemática, e que ele retarda o esvaziamento gástrico, prolonga o tempo de trânsito, causando a prisão de ventre. E por fim ele também pode enfraquecer o assoalho pélvico, tornando mais difícil evacuar.

Como equilibrar os níveis de estrogênio para melhora do organismo:

É necessário o acompanhamento do profissional de saúde Médico para avaliação correta, porque há necessidade de realização de exames, manipulação de medicamentos, assim como avaliação de contra-indicações. Além de aumentar a ingestão de água e fibras em sua alimentação e melhora do estresse, há outras elementos que podem fazer parte do processo de equilíbrio do estrogênio e melhorar a digestão, sendo eles:

1. Mude os seus produtos de higiene pessoal:

Estamos muito expostos a produtos químicos que afetam os níveis de estrogênio, como plásticos, BPA, sulfatos, ftalatos e muito mais. Assegure-se de que seus produtos de higiene pessoal não tenham esses produtos químicos.

2. Experimente probióticos:

Estudos mostram que a suplementação de probióticos diariamente reduzem a constipação, melhorando a consistência, o tempo de trânsito e o calibre das fezes. Os probióticos também promovem a melhora dos níveis de estrogênio e distúrbios da tireóide. Experimente o Probiótico da Evidence.

3. Utilize ashwagandha.

Esse é um adaptógeno para pessoas com desequilíbrios hormonais porque pode ajudar a reduzir o estresse, e com este ganho também ajudará a eliminar o estresse intestinal com mais eficiência. Quando seus níveis de cortisol estão altos, você tem mais facilidade para ganhar peso porque deseja alimentos não saudáveis ​​e isso causa picos de açúcar no sangue, fazendo com que tenha má absorção de nutrientes. O estresse também diminui o esvaziamento gástrico, bem como o tempo de trânsito, tornando mais difícil evacuar.

 4. Utiliza maca peruana.

Esta poderosa erva natural melhora a absorção de nutrientes em seu intestino, por ajudar a equilibrar os níveis hormonais, além de melhorar sua resistência e energia em geral. Os atletas adoram essa erva. Este adaptógeno também ajuda os níveis de estresse, por isso pode ajudar com a constipação de várias maneiras. Podemos usar este suplemento em smoothies, sucos e praticamente tudo o que estiver cozinhando. Confira algumas sugestões receitas nutracêuticas.

5. Coma sementes de chia.

As sementes de chia melhoram a constipação diretamente porque são cheias de fibras solúveis.

 6. Experimente o magnésio.

O magnésio é um suplemento muito importante pelo motivo dele ajudar a equilibrar seu desejo por açúcar, reduzir a retenção líquida, melhorar crises de  enxaquecas e regular o sono. Por fim ajuda a equilibrar os níveis de estrogênio ao se ligar ao xenoestrogênio, eliminando-os do corpo.

 

Referência: https://www.mindbodygreen.com/articles/the-connection-between-estrogen-and-constipation