Postado em 14/12/2020
Probióticos podem ajudar a controlar os sintomas de depressão e ansiedade
Probióticos podem ajudar a controlar os sintomas de depressão e ansiedade

Enquanto muitas pessoas tomam suplementos probióticos para ajudar a controlar o inchaço e melhorar a digestão, uma revisão recente, publicada no British Medical Journal (BMJ), descobriu que bactérias boas que existem no intestino também podem ajudar a melhorar a saúde mental. Pesquisadores da Brighton and Sussex Medical School descobriram que adultos que tomaram probióticos (tanto sozinhos quanto em combinação com prebióticos) sentiram melhora nos sintomas depressivos.

O que a pesquisa diz? 

Os dados foram extraídos de sete estudos nos últimos 15 anos. Em cada estudo, pelo menos um grupo tomou um prebiótico ou probiótico e outro grupo recebeu um placebo ou não recebeu nenhum tratamento. Todos os sete estudos analisaram os efeitos dos prebióticos e probióticos nos transtornos do humor, incluindo depressão e ansiedade. 

Cada estudo incluiu 12 cepas de probióticos, incluindo Lactobacillus acidophilus, Lactobacillus casei e Bifidobacterium bifidum. Em todos os estudos, depois que os participantes tomaram probióticos, eles notaram melhorias nos sintomas de ansiedade e uma mudança nos exames bioquímicos que são relacionados a depressão e a ansiedade. 

Como os probióticos afetam o humor?

Esse não é o primeiro estudo a apontar uma ligação entre saúde mental e saúde intestinal e também não é o primeiro a mostrar os efeitos dos probióticos na depressão.  A razão para essa ligação é a conexão intestino-cérebro, que é um sistema interconectado que permite que a mente se comunique com o microbioma intestinal e vice-versa.

De acordo com o estudo do BMJ, os adultos que viram maiores efeitos de melhora nos sintomas depressivos tinham distúrbios intestinais preexistentes, incluindo a síndrome do intestino irritável (SII). Isso sugere que, como seus microbiomas não estavam bem equilibrados, isso afetava negativamente sua saúde mental. Os probióticos ajudaram a aumentar as bactérias intestinais boas e tanto seus problemas digestivos quanto seu humor melhoraram. [Experimente o probiótico da Evidence.]

Resultado final. 

A saúde mental e a saúde intestinal estão interligadas no eixo intestino-cérebro. A pesquisa continua a apoiar o fato de que a suplementação com probióticos, e possivelmente o consumo de alimentos probióticos, pode ajudar a controlar os sentimentos de depressão e ansiedade.

 

Referências: https://www.mindbodygreen.com/articles/probiotics-anxiety-depression-study